Notícias

MOVE PME - Modernizar, Optimizar, Valorizar Empresas

 

O Projecto MOVE PME - Modernizar, Optimizar, Valorizar Empresas tem por objetivo conduzir e apoiar as PME a atingir padrões de desempenho mais competitivos, recorrendo para o efeito a uma metodologia diversificada e ativa de Formação Teórica e Consultoria, concorrentes para a mesma finalidade, visando a promoção de intervenções concertadas e integradas, que atuem, simultaneamente, sobre a melhoria de processos de gestão das empresas, sobre o reforço das qualificações dos seus empresários, quadros e trabalhadores.

ENQUADRAMENTO

Tipologia 3.1.1 Projectos de Formação-Ação para PME
Financiado a 100% pelo POPH - Programa Operacional Potencial Humano
- AIP-CCI - Organismo Intermédio
- APEE - Entidade Beneficiária

DESTINATÁRIOS

Pequenas e Médias Empresas
- com mais de 10 e igual ou inferior a 100 trabalhadores (Conforme recomendação da Comissão Europeia n.º 361/2003 de 6 de Maio).
- que nunca tenham participado numa intervenção de Formação-Ação ou cuja participação numa intervenção de Formação-Ação tenha sido concluída há mais de 3 anos.
- que evidenciem ter a situação regularizada perante a Segurança Social e Fazenda Pública.
- o apoio público ao abrigo da presente Tipologia de Intervenção não pode exceder o montante total dos auxílios de minimis.

Cronograma - Maio de 2014 a Dezembro 2014

 ÁREA GESTÃO ESTRATÉGICA E OPERACIONAL

Dotar os colaboradores-chave de conhecimentos e competências nos domínios da Gestão Estratégica e Operacional.
Apoiar as empresas a determinarem o seu posicionamento atual e futuro, e a lidarem com a envolvente de uma forma pró-ativa, antecipando os impactos das mutações externas (emergência de novos mercados, níveis concorrenciais crescentes, alterações legais, tecnológicas e demográficas) na sua organização, definindo prioridades de atuação e planos de Ação, face aos recursos detidos.

Neste sentido, no âmbito deste projeto é possível apoiar as PME que pretendam iniciar ou desenvolver a atividade exportadora, em todas as fases do processo: - diagnóstico, qualificação dos Recursos Humanos, elaboração do plano de exportação e sua implementação, ou até mesmo conceber, implementar e monitorizar nas PME, Sistemas de Gestão da Qualidade (ISO 9001) ou Sistemas de Gestão Ambiental (ISO 14001) ou Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (OHSAS 18001) ou Sistemas de Segurança Alimentar (ISO 22000).

METODOLOGIA DE INTERVENÇÃO

O modelo de intervenção proposto encontra-se suportado em 3 Etapas fundamentais de desenvolvimento:
- Diagnóstico e Definição do Plano de Ação
- Implementação e Acompanhamento do Plano de Ação
- Avaliação dos Resultados

 

 

 MODELO DE INTERVENÇÃO DESTINADO A PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

Tipos de Intervenção

Designação da Ação

Duração Ação (H)

Nº Formandos
/Empresa

Nº Total de Ações e Interv. por Sub-Projeto

Nº Total de Formandos por
Sub-Projeto

Nº Total horas de Monitoragem e Consultoria por
Sub-Projeto

Consultoria

Diagnóstico e Definição do Plano de Ação

21

N/A

13

N/A

273

Ação de Formação
Teórica

Formação Empresários ou Dirigentes

75

1

1

13

75

Ação de Formação
Teórica

Formação no domínio de Intervenção do Projeto / outro Domínio relevante

50

7

13

91

650

Ação de Formação
Teórica

Sensibilização Projeto Melhoria
Trabalhadores

7

20

26

260

182

Consultoria

Apoio Implementação do Plano de Ação

80

N/A

13

N/A

1040

Workshop
teórico prático

Análise Crítica da Evolução do Projeto

7

1

1

13

7

Consultoria

Avaliação das Melhorias Implementadas

14

N/A

13

N/A

182

Workshop
teórico prático

Balanço Final do Projeto

7

1

1

13

7

Totais

261

30

81

390

2.416

Legenda
N/A - Não Aplicável

CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DAS EMPRESAS DESTINATÁRIAS

- PME de 10 até 100 trabalhadores (de acordo c/ a recomendação da Comissão Europeia nº 361/2003 de 6 de Maio)
- Ausência de dívidas à Segurança Social e Fazenda Pública
- "Auxilius de Minimis" - Apoios públicos auferidos diretamente pela empresa nos 3 últimos anos
- As Empresas só podem ser selecionadas para uma nova intervenção de Formação-Ação, decorridos pelo menos três anos da data de conclusão da sua participação em outras intervenções

ADESÃO AO PROJECTO

As PME poderão formalizar a adesão ao Projeto dirigindo-se à APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial, enviando a ficha de inscrição de pré-seleção de empresa e a seguinte documentação:

Cópia do Relatório Único | IES de 2012 | Modelo 22 de 2012 | Certidão de situação tributária regularizada perante a Fazenda Pública | Certidão de situação contributiva regularizada perante a Segurança Social | Certificado PME (a obter no site do IAPMEI)

 

 

Pesquisar

Associados

 
with passion by softag